Onde lia-se lei, Leia-se Lálálá;


O MST invadiu a fazenda de Daniel Dantas no Pará.

Resumidamente.

1 – A fazenda é terra pública, porém submetida ao regime do aforamento, em que o governo se abstém de agir como proprietário (dominus), recebendo em troca um pagamento mensal. Sim, parecido com o aluguel.

2 – A turma do Daniel Dantas teria adquirido o controle da fazenda através de “compromisso de compra e venda”. Ou seja , não houve a compra e venda, mas por meio deste contrato eles poderiam, em tese, entrar na posse do imóvel, sem serem donos.

3  – O MST invadiu a terra onde tem a boiada, ao fundamento de que é terra pública. http://www.mst.org.br/mst/pagina.php?cd=5628

Síntese: o bando da aparente ilegalidade do MST, que freqüentemente atinge a propriedade alheia, invadiu a terra do aparente bando da ilegalidade do Dantas, que a PF ja está investigando há década.

E o Estado no meio disso tudo? Fornecendo dinheiro barato para ambas as partes guerrearem. Democracia à americana.

Aliás, o título do tópico combina bem com o Pará.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: