Bail out da República.


Meu senhores, não adianta.

Não adianta continuar a tentativa de construir a fantasia do grampo da Abin enquanto não houver solução para o caso do Gilmar Mendes.

A turma do poder esperneia, usa  a imprensa, conta lorota, derruba gente, e a discussão continua sendo o Gilmar Mendes. Que tal resolver a questão? Grande parte dos melhores juristas desse país já se manifestaram dizendo que do jeito que está não fica. Porém, a turma da política quer manter a zona como está, porque é mais gostoso para eles.

Só que a turma da política manda no estado, não no direito.

E é nesses momentos de reflexão sobre o que é falcatrua e o que é lícito que se separam os juristas dos operadores do direito*. Quem puxa o saco dos mais velhos não cresce.

* Com todo o respeito que quem se denomina “operador do direito” NÃO merece.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: