A necessidade do recall político no Brasil


O recall político é um mecanismo de correção da democracia. Um político que perca a confiança da população, como ocorre com Sarney, é submetido a uma eleição para confirmar o mandato. Se não receber votos suficientes, sai.

Este mecanismo é mais do que necessário no Brasil, inclusive em nome da governabilidade.  Como se vê, em vez do Lula colocar para fora os coronéis, viu-se obrigado a aderir ao movimento patrimoniarcalista. De nada adianta dar comida ao povo se a estrutura de informação e política continua pertencendo a Sarneys e ACMs.

Neste ponto, aliás, e somente neste ponto, torço pela Record. Mas teremos de ver como vai ser a política em relação a repetidoras de sinal. Mas isso é assunto extenso.

BRASÍLIA – Entidades da sociedade civil e alguns senadores realizaram uma reunião na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Distrito Federal, e criaram uma Coordenação de Mobilização pela Ética no Senado. Um dos pontos acordados é pressionar a Câmara Alta do Congresso para fazer uma espécie de “recall” do presidente da Casa, José Sarney (PMDB).

Para tal, o grupo visa buscar o apoio popular uma vez que, de acordo com o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que participou do encontro, “as chances de tirar Sarney se esgotaram” dentro do Senado.

A ideia do grupo é que o “recall” seja feito através de uma votação no plenário da Casa, com voto secreto, avalizando ou não a manutenção de Sarney na presidência. Além desta ação, o grupo vai tentar fazer uma vigília no Senado, com o microfone aberto e discursos contra o comandante da Casa por toda a madrugada.

O grupo também quer organizar reuniões populares, com a presença dos senadores, perguntando para a população, frente a frente com o político, se ela se sente representada pelo parlamentar. Indo além, a Coordenação também vai sugerir um “recall” para todo o Senado. A população votaria naqueles que ela quer que continuem na Casa em períodos mais curtos que as eleições.

Participaram da criação da Coordenação os senadores Cristovam, Arthur Virgílio (PSDB-AM), Pedro Simon (PMDB-RS) e José Nery (PSol). Além da OAB, da ONG Contas Abertas, da Transparência Brasil, Associação Brasileira de Imprensa e Confederação Nacional dos Bispos do Brasil.

Segurança do Senado

Durante a reunião deputados do PSol que também participaram do evento, Chico Alencar (RJ) e Ivan valente (SP), também pediram o apoio da Coordenação para que o diretor da Polícia do Senado, Pedro Araújo, seja dispensado de seu cargo.

Nesta quarta-feira assessores, Alencar, e simpatizantes do PSol promoveram uma manifestação contra Sarney no Congresso e foram detidos pela Polícia Legislativa.


http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/08/13/entidades+pressionam+por+recall+de+sarney+7857935.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: