Arcadas. Por que não vender.


Um excelente texto do amigo e colega de turma Luiz Gonzaga a respeito do espaço público, da tradição universitária brasileira, da necessidade do equilíbrio entre dinheiro e mérito,  e, fundamentalmente, do valor incomensurável das Arcadas.

Este texto, aliás, parece ter aquele mérito que só se assenta com 182 anos de tradição, construída dia a dia, e apenas pelo prazer de realizar uma obra da melhor qualidade. Além disso, grata surpresa, justamente neste texto aparece a fotografia que tirei do Largo no começo do ano. É uma satisfação dobrada.

http://alporao.blogspot.com/2009/10/salas.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: