Hum ano da Lei do SAC


O Procon informa que com um ano da Lei do SAC, aplicou 35 milhões em multas.

Eu informo o Procon que apenas as líderes do ranking de reclamações do Procon – e as reclamações exorbitam os padrões escandinavos – lucraram ao redor de 300 milhões cada uma, e algumas quase 2 bilhões, o que significa que a soma dá algo em torno de 10 bilhões na mais pessimista das hipóteses.

Significa que as multas do Procon são um mero rabisco no balanço financeiro das empresas. Um mosquito pousado na conta “despesas”, e um elefante africano retirado da conta “investimentos”, que deve estar positiva apesar de contrariar todas as leis da Contabilidade.

E a julgar pelo atendimento nos próprios sites do governo, como o da Anatel, que agora dificulta o registro de reclamações, estamos estacionados no terceiro mundo nestes aspectos que ainda dependem de empresas multinacionais e das suas agências reguladoras.

Apenas as empresas do setor de energia conseguiram retirar ilicitamente 1 bilhão de reais dos consumidores, contra os 35 milhões que o Procon praticou em multas contra todos os setores da economia. E em passado recente o Procon optou por riscar a própria reputação ao renegociar o pagamento de multas bilionárias.

O serviço de atendimento melhorou? Sem dúvidas. Mas o que havia era um oceano de práticas ilícitas, com a anuência omissiva dos órgãos de fiscalização. Veja aqui como o Procon sueco é um pouco mais combativo e menos cartorial. Talvez por comparação a gente deixe de se contentar quando a turma vem entregar algumas migalhas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: